Histórico

A Pematec Triangel do Brasil é uma empresa com larga tradição no mercado automobilístico.
Fundada em 1968 como filial brasileira da multinacional alemã Triangeler Dämmstofferwerke, o objetivo principal da Pematec naquela época era a fabricação de isoladores termo acústicos.


Todavia, ao longo do tempo a Pematec diversificou seu mix de produtos e se consolidou como um forte parceiro da indústria automobilística.
No ano de 1995 os proprietário da holding alemã, por motivos sucessórios, resolveram desfazer da indústria na Alemanha e das filiais no Brasil e México, sendo que no Brasil foi adquirida por três investidores brasileiros.
Neste mesmo ano a empresa passou por uma reestruturação completa nas áreas
administrativa e fabril, visando a melhoria da qualidade e a satisfação de seus Clientes. Foram empregados novas metodologias e instrumentos de planejamento para garantir a contínua melhoria dos serviços e processos.

Também em 1995 se iniciou o esboço de uma nova filosofia e Plano de Qualidade, visando a certificação ISO9000 e QS9000 concluídos em 1998, e ISO/TS 16949 concluído em 2005, o próximo passo será a certificação pela ISO14000.
Técnicas consagradas, estatísticas, ensaios, pesquisas e benchmarking constantes indicaram novas oportunidades para a melhoria dos processos e produtos. Além disso, instalações modernas e uma otimização eficiente da produtividade possibilitaram uma boa competitividade no mercado.

Quando adquirida em 1995 a Pematec era conhecida como uma empresa líder na
fabricação de quebra-sóis e laterais de porta plana. Com a preocupação de manter essa posição no mercado e sabendo da tendência Européia de novos desenvolvimentos, e as almas dos quebra-sóis estarem sendo substituídas do Poliuretano para o EPP, resolvemos investir e trazer o que há de mais moderno lá fora.

Como para produzir somente as almas dos quebra-sóis em EPP o investimento era muito alto, resolvemos abraçar o mercado completo de peças em EPP.
Criamos e desenvolvemos peças novas como o miolo dos para-choques e apóia-cabeça (ferramenteiros foram para a Alemanha com o propósito de assimilar a tecnologia dos moldes).

Continuando com a preocupação em permanecer na vanguarda da tecnologia, sendo fornecedor "Tear-one", sabendo da tendência do mercado automobilístico pela aquisição por sistemas completos, resolvemos abrir o nosso leque de produtos e entrar no ramo de moldados, principalmente de tetos, revestimentos internos para portas e laterais, além do porta pacotes e isoladores termo acústicos.

Para substituir a tecnologia atual do mercado em tetos, resolvemos pesquisar e nos especializar nos moldados em fibras naturais. Iniciamos assim, o nosso desenvolvimento com sucesso em porta pacotes utilizando a fibra de juta e em seguida, iniciamos o desenvolvimento de uma das mais resistentes e adequadas fibras disponíveis no mercado, que é o Curauá.